Caros Leitores

"Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino". A educação precisa tanto de formação técnica e científica, como de sonhos e utopias.
Sejam Bem Vindos!



████████████████████████████████████
████████████████████████████████████
████████████████████████████████████

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Projeto Ambulância da Alegria visita ao Hospital Nossa Senhora da Abadia

Minha primeira visita ao hospital Nossa Senhora da Abadia foi bastante legal, eu Dr. Poow e a Dr. Belinha trocamos de roupa no banheiro do hospital cada um no seu banheiro é claro, os outros médicos vieram todos pronto do Crás 1, gente mais foi tão divertido essa roupa de doutor é de fato sagrada ah as maquiagens também basta você pensar em colocar no corpo que o mundo já virá festa, então ... a Dr. Belinha ficou o tempo todo me contando as ultimas fofoquinhas que estavam acontecendo dentro do corpo clínico da Ambulância da Alegria, como sempre ela tem uma novidade o engraçado foi que eu estava de um lado e ela de outro, agora pensa se alguém estivesse ouvindo, daí ela me chamou para ir maquiar junto com ela ai foi só alegria.
Enfim prontos, começamos dali mesmo do banheiro, puxamos a nossa música de abertura do espetáculo “A Roseira” e as pessoas meio que sem entender olhavam para nos querendo saber o que que esses palhaços vestidos de doutores queriam, mais logo logo a resposta já estava clara, o “riso” já estava estampado na cara de todos.
Me lembro que tinha algumas pessoas sentados numa salinha, dessas acho que salinhas de espera que se diz neh ? ali agente cantou, expressou, conversou e até recitamos poemas e o melhor quem estava sentando lá não ficaram de fora, tinha tanto poema criativo, vocês tinham que ver, coisa de primeira.
Saindo dessa parte fui com os Drs. para um dos lugares onde as pessoas estavam mais tristes, carentes, desmotivados, sem animo “o quarto onde estão enternados” Conheci um menino show de bola super esperto nem parecia que estava com uma doença tão grave seus olhos brilhavam como uma estrela nas noites mais lindas de luar, ele nos recebeu tão bem parecia que já tinha nos visto por ai, ah mais quem sabe ? talvez nos viu na televisão e não deve ter lembrado kkkkkkkkkkkkkkkkk ...
O seu nome era felipe ele tornou nosso amigo assim bem rapidão e do espinafrinho também antes que eu me esqueça de contar ele era bom nas pegadinhas, sabe aquela música “Vai buscar Dalila” da Ivete Sangalo, ele cantou uma paródia dessa música quem eu ainda nem conhecia, como foi engraçado eu ria tanto que parecia bobo alegre, ele cantava assim: MOSTRA AS AQUISILAS COM PELO COM PELO kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk muito engraçado. Eu fique fam dele! Depois entramos em outro quarto eu o Dr. Pepito e o Dr. Espinafre de cara tinha um moço deitado, não parecia que estava doente e nem que estava enternado, mais como tínhamos uma missão bora fala com esse homem, cheguei bem esparafatozo cheio de alegria, gestos, e com uma expressão bem feliz, ele não estava muito à-vontade com agente não, parecia tímido deu um sorrisinho tímido chocho sem graça, não perdemos a pose fizemos mil gozação com a cara dele perguntamos se ele que era o dono do hospital ? ou até mesmo um funcionário e estava tirando uma soneca, se brincar era até o nosso motorista e estava nos esperando para ir embora ? enchemos ele de perguntas ate que ... ele disse que a filha dele é que estava internada, ela então entrou ate o quarto, ficou espantada quando nos viu, tinha um ar angelical, rostinho de menina meiga, não me lembro o nome dela não mais ela era muito simpática num estante se inturmou com agente e foi só alegria.
Em seguida nos corredores algumas pessoas quando nos viam achavam um máximo mais quando eu pedi uma foto, uma delas correu acredita! Não queriam tirar ai o jeito é tirar a força mesmo. O importante é registrar o momento. De uma forma geral a visita foi excelente eu adorei a experiência e já estou ansioso para a próxima.




























2 comentários:

  1. Parabés Gustavo, a sua iniciativa é ótima. Espero que você continue ajudando essas pessoas.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Rafael é o mínimo que posso contribuir para fazer desse mundo um pouco melhor.

    ResponderExcluir