Caros Leitores

"Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino". A educação precisa tanto de formação técnica e científica, como de sonhos e utopias.
Sejam Bem Vindos!



████████████████████████████████████
████████████████████████████████████
████████████████████████████████████

domingo, 23 de maio de 2010

Apresentação do "Corpo Negro" Grupo Cultural Afro - Brasileiro abertura do Projeto Mojuba Ayê

Como a maioria dos nossos primeiros colonos eram os negros amante da música do canto e da dança não seria de se estranhar que iriam para o trabalho rural cantando e por que não ? e dançasse durante ele para retemperar a alma saudosa da pátria distante!
"Dança do Cafezal"













sábado, 22 de maio de 2010

Cultura em Foco no CAIC

Aconteceu nos dias (08) e (15) de maio na Escola Aureliano Joaquim da Silva - CAIC um workshop de interpretação e dança afro aos alunos do “Corpo Negro” Grupo Cultural Afro – Brasileiro. A convite do coordenador e coreógrafo do grupo de dança do CAIC, Gustavo Junior as oficinas foram ministradas pelo professor – ator Victor Carvalho, que procurou levar o universo teatral até a dança, mesclando exercícios de improviso, expressão corporal, dramatização entre outros.

Segundo o professor – ator, Victor Carvalho “esta mesma oficina será ministrada no FESCATE (Festival de Teatro de Monte Carmelo) onde o ator em intercâmbio com as cidades de Araguari, Coromandel e Catalão também apresentará o espetáculo Sanctum Officium representado Ituiutaba nestas cidades. Victor Carvalho ressaltou que o “Corpo Negro” Grupo Cultural Afro – Brasileiro é constituído de alunos com um grande potencial artístico e que escolheu um dos melhores grupos para ensaiar o que será repassado para os alunos neste festival”.

O coordenador e coreógrafo do grupo de dança do CAIC, Gustavo Júnior disse “é de tamanha importância oferecer aos alunos do “Corpo Negro” Grupo Cultural Afro – Brasileiro esta unificação das artes teatro e dança e da importância do intercambio cultural com as cidades vizinhas com objetivo de enriquecer o quadro cultural de Ituiutaba. Através das técnicas que foram trabalhadas com os alunos o grupo estará se apresentando em breve mostrando os recursos aprendidos nas oficinas. Gostaria de agraceder ao professor – ator Victor Carvalho pelo seu profissionalismo em levar uma oficina dinâmica e que difundisse a cultura através dos recursos teatrais”.












sábado, 8 de maio de 2010

Curso de Psicologia - Disciplina Ética Geral trabalho de ritos e mitos tema: Ano Novo

Conceito do mito Harmônico idealizado pelos estudantes de psicologia, Gustavo Júnior, Telmo Costa, Rosiane, Beatriz e Rosangela Resende,

Diz – se que o mito precede do rito, na visão da ética geral o mito serve como forma singela de explicar aquilo que não tem explicação as pessoas que vivem na idade pós moderna acredita no “DEUS HARMONICO” um ser supremo e unificador que também se divide em 5 elementos básicos que os seres humanos necessitam para sua existência que são: Esperança, Amor, Paz, Dinheiro e Saúde. Cada um representado por uma cor, a esperança foi determinada pela cor (verde), o amor simbolizado com a (vermelha), a paz (branca), o dinheiro caracterizado pela cor (amarela) e a saúde simbolizada na cor dominante do (azul) vista na imensidão de céus e mares.
As pessoas acreditam que quando se uni as cores na noite antecedente do ano novo o DEUS HARMONICO, abençoa com o auxilio da natureza durante todo o decorrer do ano.
As velas iluminam as almas durante todo o ano as romãs produzem a fertilidade e o incenso espanta os maus espíritos.
A bacia com a água azul e a formação dos buquês de rosa trás a pureza e a unificação para o nosso espírito. O sal grosso em volta da bacia tem o poder de durabilidade e sustentação do ritual.
As taças com as substancias coloridas trás na sua essência, a junção de todos os nossos sentimentos, anseios e desejos que transmite energias positivas. As
rosas colocadas no jarro em frente ao DEUS HARMONICO significa a concretização de todos os nossos pedidos.