Caros Leitores

"Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino". A educação precisa tanto de formação técnica e científica, como de sonhos e utopias.
Sejam Bem Vindos!



████████████████████████████████████
████████████████████████████████████
████████████████████████████████████

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Seminário de Educação Étnico Racial
Oficina de dança afro – brasileira Ministrada as alunas do Curso de Pedagogia da FACIP/UFU
Prof. Gustavo Júnior

Introdução:

A Oficina Pedagógica de Dança Afro - brasileira tem como objetivo geral propiciar aos participantes atendidos, a construção da identidade étnica e cultural afro-brasileira. Possibilitando através do aprendizado da dança uma reflexão sobre as diversas corporeidades dançantes brasileiras e a superação do preconceito e da discriminação cultural e racial que cercam esta expressão cultural de matriz africana, desenvolvendo o ensino da dança dentro da compreensão de que esta é uma manifestação cultural de resistência da herança africana no Brasil.


Objetivos:

• Propiciar aos participantes do Seminário Étnico Racial a aproximação com a cultura afro-brasileira através das suas expressões culturais tradicionais, buscando a construção da identidade e pertença étnica á população afro-brasileira.

Reconhecer a dança afro como matriz cultural formadora da identidade e da consciência racial afro-brasileira como referência para a construção da consciência corporal e estruturação da auto-estima e auto-imagem.

Capacitar os participantes da oficina de dança afro – brasileira, ao manuseio do próprio corpo nas diferentes coreografias e ritmos provindo das sonoridades musicais afro.


Conteúdos & Metodologia:

• Recursos áudio visuais:
- Dança Afro e Educação Popular;
- Abertura Festival Pérola Negra CACE;

• Sintonia de palavras
- O professor inicia uma frase e os participantes repete a frase do professor e cria sua assim sucessivamente.
Eu fui a África e vi ...
Uma galinha de Angola.



• Coordenação Motora
- Desenvolver o exercício de coordenação motora, através de exercícios que possibilite a percussão corporal, o ritmo, a seqüência e a memória. (Peito, estrala, bate bate, estrala, peito, bate).


• Expressão Corporal
- Conhecer e avaliar a capacidade de cada participante individualmente expressar corporalmente expressões de: alegria, frio, tristeza, dor de barriga, dor de dente, amor, medo, preconceito, ódio ...

• Percepção
- Os participantes estarão em círculo, colocar um participante de fora da sala, escolher um mediador que fará exercícios livres e todos os outros vão repetir simultaneamente. O participante que ficou de fora tem por objetivo descobrir que esta liderando o grupo.


• Criatividade e Contação de História
- Desenvolver a capacidade de criar e imaginar histórias. Os participantes estarão sentados em círculo, o professor inicia a história e deixa que os participantes complementem a partir de um objeto mostrado.

Um jovem angolano caminhava solitário pela praia. Parou por alguns instantes para agradecer aos deuses por aquele momento milagroso: o deslumbramento de sua terra natal. O silêncio o fez adormecer em seu âmago, despertando inesperadamente com o bater das ondas sobre as pedras. De repente, surgiram das matas homens estranhos e pálidos que o agarraram e o acorrentaram. Sua coragem e o medo travaram naquele momento uma longa batalha... Ele chamou pelos seus pais e clamou pelo seu Deus. Mas ninguém o ouviu. Subitamente mais e mais rostos estranhos e pálidos se uniram para rirem de sua humilhação. Vendo que não havia saída, o jovem angolano ...

(Mostrar imagens africanas) ...

Seqüência 

Nenhum comentário:

Postar um comentário